quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Depois de algum tempo ,


"Aprendes a diferença, a subtil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. Aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos, presentes não são promessas. E não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferir-te de vez em quando e precisas perdoa-la por isso.
Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais. Descobres que se leva anos a construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que podes fazer coisas num instante, das quais te arrependeras para o resto da vida.
Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que tu tens na vida, mas quem tens na vida. Descobres que as pessoas com quem mais te importas na vida, são tiradas de ti muito depressa; por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a ultima vez que as vemos.
Aprendes que a paciência requer muita pratica.
Aprendes que quando estás com raiva tens o direito a estar com raiva, mas isso não dá o direito de seres cruel.
Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém. Algumas vezes, tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo.
Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, tu serás, em algum momento, condenado.
Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que o consertes.
E, finalmente, aprendes que o tempo, não é algo que volta para trás.
PORTANTO, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que algum te traga flores. E percebes que realmente podes suportar... que realmente és forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor, e que tu tens valor diante da Vida! E só nos faz perder o bem que poderíamos conquistar... o medo de tentar."

By William Shakespeare

8 comentários:

Rosa Negra disse...

Eu devia ler isto todos os dias de manhã :)

nelsonmateus disse...

já copiei o post, amanhã vejo a melhor forma de imprimir e de colocar nas paredes da escola ... merci! :)

nelsonmateus disse...

e já agora, 1 bjinho grande pros 2 d nós 3! :D

MARIINHA disse...

Palavras muito sábias. Grandes verdades que tocam a todos nós. Acho que bastaria que as pessoas aprendessem com os erros alheios, evitava-se tanto sofrimento, tantas lágrimas, tantas discussões. Mas não. Chegamos a duvidar que as coisas sejam assim, que connosco seja assim. Parece que as pessoas só aprendem, quando passam elas próprias pelas situações. Se calhar é por isso mesmo que vamos ficando mais velhos, mas mais conhecedores da vida.

carlos disse...

Anna^. Vai ao meu blog e descobre na VIDA e nas ÂNCORAS a razão deste meu comentário...as razões para viver...beijos. carlos

Anna^ disse...

Rosa,
tu e todos nós :)

nelsito,
quem é amiga,quem é? :)
Saudades vossas!

Mariinha,
olha que as tuas palavras também estão cheias de sabedoria :)

aiaimatilde disse...

Uma lição de vida bastante resumida mas suficientemente grande para nos tocar o coração.

Anna^ disse...

carlos,
sou uma felizarda e vou tendo as minhas âncoras :)
Todos pudessem dizer o mesmo.

Matita,
tens razão :) (embora nem todos tenham...coração).