quinta-feira, 27 de maio de 2010

E lá vai ele...

a caminho do Rock.In.Rio.Com os amigos e um sorriso de orelha a orelha.Ás perguntas que lhe faço(eu chata me confesso),responde com aquele ar de aivalhameDeusmãevêláseatinas:"Confia no teu filho e fica sugadita. Afinal estou quase nos 16"(a matemática nunca me convenceu).
Para ele é uma aventura que sei vai ser recordada pela vida fora(também tive algumas)e sei o quanto é importante para ele, ir sózinho(sem os irmãos,claro),e que amanhã já está em casa, mas alguém vai ter que me aturar a angústia.
Mas porquê que às vezes dói,vê-los crescer?

3 comentários:

Vilma disse...

Xiii.. nem quero pensar quando chegar a minha vez!! Glup...!

Li que o melhor que os pais podem dar aos filhos são raízes e asas...!
Ai a asas... a asas!!! :))
Beijocas!

Ana Sousa disse...

Ai pá... eu não sei se aguento... nem quero pensar.... ainda faltam ... 9 anos :p

Anna^ disse...

Vilma,
quando chegar a tua vez é melhor que penses,porque o Artur vai partir logo para a acção e comprar "ferrolho" novo para a porta. ahahahahahahahahah

Ana,
aguentas pois e olha que 9 anos, passam a voar!
Ainda o ano passado o D. andava debaixo das minhas asas e já vai a caminho dos 16.

beijo para as duas