domingo, 13 de março de 2011

Merdices

Não sei que valor se dá hoje em dia à Amizade.
E isso angustia-me,porque me obriga ,nos últimos tempos, a ter ficheiros de amizades pendentes e amizades com prazo de validade.
E eu não gosto disso.

8 comentários:

Joanissima disse...

Interessa pouco que valor se dá à Amizade.
Interessa é o valor que TU dás à Amizade, independentemente das pendências dos outros.

Amizades pendentes ou com prazo de validade não são amizades.

(e AMO o gatinho que tens aqui em cima)

Anna^ disse...

Joaníssima,
não concordo contigo: EU sei o valor que dou à Amizade,mas também sei, que tal como o Amor, a Amizade tem de ter um mínimo(e estou com a fasquia por baixo)de reciprocidade para ter pernas para andar,como se costuma dizer.De que me adianta ter Amizade a alguém pelo MEU valor,se do outro lado essa mesma Amizade demonstra não o ter? Esforço-me é certo,mas quando chego à conclusão de que é andar a nadar em seco,o melhor é pensar duas vezes se vale a pena; daí as "pendências" e os "prazos"...para eu própria poder chegar à conclusão se vale a pena ou não.

O gato é lindo não é? ;)

Dulce disse...

Estou com a Joanissima. E em mim tens uma amiga, mesmo que nunca nos tenhamos visto.

Dulce disse...

Estás a escrever ao mesmo tempo que eu. Só agora vi o teu comentário resposta à Joaníssima. E concordo contigo

Anna^ disse...

Dulce,
para mim é complicado gerir sentimentos/emoções que não dependem só de mim...a Amizade é uma delas.

E estamos sempre a tempo de nos conhecermos ao vivo e a cores ;)

Costinhas disse...

Anna, não podia concordar mais com o teu comentário.

Ultimamente tenho aprendido que quase ninguém se dá por inteiro e isto custa-me porque não me sei dar de outra forma.

Mias me custa quando percebo que a minha filha é igualzinha a mim e gostava muito de lhe poupar uns amargos de boca.

Amizades pela metade não são amizades, e nessa situação mais vale perder esse suposto amigo do que manter algo que nos magoa.

Foi uma lição dura que aprendi da pior maneira.

Anna^ disse...

Ora aí está Costinhas, amizades pela metade não são amizades.
You got it,girl ;)

Joanissima disse...

não me expressei bem: o que queria dizer é que se tu fores o que es, as amizades pendentes não são culpa tua, não deves sofrer por elas. é triste darmo-nos sem receber, é verdade, mas somos quem somos e, por muito que a carapaça vá endurecendo, não podemos deixar de sermos nós só pq os outros não nos entendem.